5G no Brasil: leilo arrecada R$ 46,79 bilhes, mas no bate meta proposta pelo governo

[ad_1]

O Leilão do 5G teve suas propostas encerradas e processadas hoje, 5 de novembro. O Leilão conseguiu arrecadar um montante de R$ 46,79 bilhões, o que é bastante impressionante, mas não correspondeu às expectativas de Fábio Faria, ministro das Comunicações.

Em um pronunciamento realizado em uma live com o presidente Jair Bolsonaro na quinta-feira (4), Faria afirmou que esperava que o leilão arrecadasse R$ 50 bilhões, valor próximo ao alcançado pelo evento. A quantia será destinada a investimentos do governo no setor de telecomunicações, que é essencial para o desenvolvimento da rede 5G no Brasil.

Nas palavras do ministro das Comunicações:

Vai passar dos R$ 50 bilhões. Até amanhã, a gente tem esse número. É o maior leilão da história das telecomunicações da América Latina inteira.

Além disso, vale lembrar que parte do valor pago será utilizado como ágio em compromissos de investimentos que as operadoras terão de fazer para garantir a implantação da conexão 5G em todo o Brasil.

Abraão Balbino e Silva, superintendente da Anatel e presidente da comissão de licitação do 5G, detalhou os valores:

Não conseguimos dizer quanto vai para o Tesouro, podemos dizer apenas que R$ 7,4 bilhões é o valor de outorga, mas parte vai para o governo e parte para obrigação, vamos definir isso semana que vem.

A principal justificativa para a meta não ter sido batida são os lotes com as frequências de 26GHz, 3,5GHz e 2,3GHz não terem recebido nenhum lance. Juntos, eles representam quase 15% dos disponíveis. Apesar disso, Fábio Faria e Silva dizem que o leilão foi um sucesso e deve alavancar o desenvolvimento tecnológico do Brasil.

Você pode conferir mais detalhes sobre o Leilão do 5G na nossa coluna especial do Detetive TudoCelular.

[ad_2]

Source link

Be the first to comment

Leave a Reply

Your email address will not be published.


*