Apple registra recurso que s permite visualizao de contedo no iPhone atravs de culos especiais

[ad_1]

O Escritório de Marcas e Patentes dos Estados Unidos publicou uma nova patente registrada pela Apple. O conteúdo pode ser surpreendente para muitos: trata-se de um recurso de privacidade projetado para revelar o que está na tela do iPhone somente através de óculos especiais, de modo que somente o proprietário do celular tenha acesso ao que é mostrado.

A proposta difere um tanto do já muito falado Apple Glass, um headset de realidade aumentada e virtual da marca que chegaria em 2025. Dentre as supostas características dos óculos com RA/RV estão o uso tecnologia 3D para criar hologramas virtuais e recurso de seleção de campos de texto através do olhar.

O pedido da patente recém-publicada se refere a um sistema que pode exibir “saídas gráficas corrigidas por visão e saídas gráficas padrão em um dispositivo eletrônico.” Uma das características descritas é o “Óculos de proteção de privacidade”, que bloqueia as pessoas ao seu redor de ver o conteúdo na tela do iPhone, já que a única maneira de ver o que está na tela é através dos óculos.

Com esta tecnologia, um usuário pode interagir com a calibração dos gráficos apresentados para intencionalmente embaçar a saída apresentada no display do smartphone. Quando quiser privacidade, por exemplo, basta torná-la ilegível.

Além da nova tecnologia de privacidade, parece que a Apple está trabalhando em perfis para identificação facial. A patente descreve outro sistema capaz de distinguir detalhes únicos no rosto do usuário, tais como penteados, barba, bigode, óculos, sem óculos, óculos de leitura, óculos de sol e muito mais.

Naturalmente, é importante notar que a Apple não necessariamente usará estas patentes em produtos reais. No entanto, ainda é interessante ver que a empresa está trabalhando em tecnologias para agregar ainda mais valor ao seu ecossistema.

O que você achou dessa patente? Gostaria que tal tecnologia fosse realmente lançada?

[ad_2]

Source link

Be the first to comment

Leave a Reply

Your email address will not be published.


*